sexta-feira, 22 de abril de 2011

GUARDIÃES DO ANTIGO E DO NOVO



Mensagem do Arcanjo Uriel através de Jennifer Hoffman
18 de abril de 2011


Cada momento chega com novas energias e potenciais, possibilidades e resultados diferentes e oportunidades para a expansão em um novo futuro, ou contração em um novo passado. Cada um de vocês é o guardião das novas e das antigas energias em suas vidas, para a humanidade e para a Terra. Vocês chegam em cada existência, na maioria das vezes, inconscientes dos resultados das existências anteriores, porque vocês estão incumbidos, em cada jornada de vida, de transformar as energias do passado. Essas energias não estão aí para vocês utilizarem e repetirem, elas são simplesmente lembretes de um passado que vocês vieram para transformar, aplicando novas vibrações para criar um futuro diferente.

A energia do passado é sempre parte da sua experiência de vida como um lembrete do fundamento da energia que vocês, como a família da humanidade, criaram, e estão aqui para mudar. Todo e qualquer indivíduo na Terra, hoje, está aqui para alterar um aspecto energético em uma energia mais elevada, mais baseada no espírito, que tenha um lugar no paradigma da Terra ascensa. Vocês podem ver isso como um avanço, mas como guardiães do novo e do antigo, é um processo de reposicionar a antiga energia com a intenção de alterá-la para uma vibração mais elevada. O antigo faz parte do novo e o novo surge do antigo.

Mas, quando vocês se esquecem de que o propósito de chamar novamente o antigo é para transformá-lo em seus aspectos mais elevados e isso se torna o fator dominante em sua experiência de vida, vocês recuaram ao passado. Enquanto a energia do passado é de valor e útil, as emoções e o medo do passado não são, quando se transformam nas energias do momento presente. À medida que vocês chamam de volta o passado, certifiquem-se de separar a energia dos sentimentos, das crenças, dos pensamentos e das experiências que estão guardados ali. Eles surgem para lembrá-los do que precisa ser transformado e não precisa ser vivenciado. Este é um tempo para vocês praticarem a transformação do ‘não toque’, em que vocês trabalham energeticamente e com grande e resoluta intenção, mas fora do domínio das experiências físicas e mais na consciência energética.

A pergunta a fazer do passado é : ‘Qual é a vibração ou aspecto superior dessa energia?’ Qual é a visão mais elevada que vocês podem sustentar para si mesmos, para o mundo e para a humanidade? Qual é a experiência mais elevada de amor, paz e alegria que vocês podem visualizar para o mundo, e como pode a energia do passado ser transformada para conceder poder a essa visão? Vocês experimentam o passado de modo que possam imaginar um presente e um futuro diferentes. Utilizem a sua prerrogativa de guardiães do antigo para acessar o suficiente do passado para obter clareza acerca do que vocês vão transformar, e a sua prerrogativa de guardiães do novo para acessar as energias mais elevadas do momento para visualizar o potencial mais elevado e melhor, para a sua maior prerrogativa de guardiães, que é a da Terra ascensa.



..---ooo000ooo---..

Tradução de Ivete Brito – adavai@me.com/
visite os sites da tradutora: www.adavai.wordpress.com/ - http://web.me.com/adavai


Direitos reservados © 2004,2005, 2006 para Jennifer Hoffman. Todos os direitos são reservados. Todo o material desta página está protegido pela lei dos direitos internacionais dos Estados Unidos da América e não podem ser parcialmente o integralmente reproduzidos sem a permissão escrita e expressa da autora. Todas as reproduções autorizadas, parciais ou em cópias, por inteiro ou em parte, devem fazer referência ao nome da autora e ao website de Curas Uriel

www.urielheals.com.

MEDITAÇÃO ATENCIOSA



Por Deepak Chopra
Publicado em 20 de abril de 2011


Trata-se de uma técnica simples de desencadear um estado de relaxamento profundo de corpo e mente. À medida que a mente se aquieta e permanece desperta você vai se beneficiar de um estado de consciência mais profundo e tranqüilo.

1. Antes de começar, encontre um local silencioso em que não vá ser perturbado.

2. Sente-se e feche os olhos.

3. Concentre-se na respiração, mas inspire e expire normalmente. Não tente controlar ou alterar a respiração deliberadamente. Apenas observe.

Ao observar a respiração, vai ver que ela muda. Haverá variações na velocidade, no ritmo e na profundidade, e pode ser que ela pare por um momento. Não tente provocar nenhuma alteração. Novamente, apenas observe.

Pode ser que você se desconcentre de vez em quando, pensando em outras coisas ou prestando atenção aos ruídos externos. Se isso acontecer, desvie a atenção para a respiração.

Se durante a meditação você perceber que está se concentrando em algum sentimento ou expectativa, simplesmente volte a prestar atenção na respiração.

Pratique esta técnica durante quinze minutos. Ao final, mantenha os olhos fechados e permaneça relaxado por dois ou três minutos. Saia do estado de meditação gradualmente, abra os olhos e assuma sua rotina.

Sugiro a prática da meditação atenciosa duas vezes ao dia, de manhã e no final da tarde. Se estiver irritado ou agitado, pode praticá-la por alguns minutos no meio do dia para recuperar o eixo.

Na prática da meditação você vai por uma de três experiências. Mas deve resistir à tentação de avaliar a experiência ou sua capacidade de seguir as instruções, porque as três reações são "corretas".

Você pode se sentir entediado ou inquieto, e a mente vai se encher de pensamentos. Isso significa que emoções profundas estão sendo liberadas. Se relaxar e continuar a meditar, vai eliminar essas influências do corpo e da mente.

Você pode cair no sono. Se isso acontecer durante a meditação, é sinal de que você anda precisando de mais horas de descanso.

Você pode entrar no intervalo dos pensamentos... além do som e da respiração.

Se descansar o suficiente, mantiver a boa saúde e devotar-se todos os dias à meditação, você vai conseguir um contato significativo com o self. Vai poder se comunicar com a mente cósmica, a voz que fala sem palavras e que está sempre presente nos intervalos entre um pensamento e outro. Essa é a sua inteligência superior ilimitada, seu gênio supremo e verdadeiro, que, por sua vez, reflete a sabedoria do universo. Tudo estará a seu alcance se confiar na sabedoria interior.


-o--=-oo000oo-=--o-

Fonte: Deepak Chopra - No livro Saúde Perfeita

OS GRANDES PRINCÍPIOS DA VIDA



Mensagem de Neale Donald Walsch,
9 de Abril de 2011


Pergunta: “Por favor, Neale, podia explicar como funciona o princípio da «Atracção» segundo o ponto de vista de CCD”, dizia uma carta. “Conversas com Deus concordam com O Segredo”?

A resposta é, bem… sim e não. Existe verdade na Lei da Atracção tal como é discutida no filme e no livro O Segredo, mas há mais do que isso. Eu tive um problema com O Segredo, na medida em que não explica de forma clara e convincente o papel que Deus desempenha na Lei da Atracção. De facto, a palavra “Deus” não é sequer mencionada no filme até cerca de três minutos antes do final – e então, apenas de uma forma muito breve, superficial.

Assim, deixai-me contextualizar este negócio da “atracção” com o quadro dos Conversas com Deus o qual, como sabeis, é todo sobre “Deus” e o papel de Deus na nossa vida.

Para esta exploração, eu vou voltar ao notável livro de CCD, Mais Feliz do que Deus. Ele diz…

A Energia da Atracção é parte de um sistema mais amplo de causa e efeito no Universo. Falar acerca de “atracção” como se fosse uma lei em si mesma, é um pouco como falar da lei da gravidade sem discutir a Física explicando o que faz a gravidade, e porquê. Certo, então uma coisa cai. E então…?

Vamos olhar, então, e olhar profundamente, para os grandes princípios da vida.

A vida expressa-se a ela própria através de:

1. A Energia da Atracção, que vos dá poder.

2. A Lei dos Opostos, que vos dá oportunidades.

3. O Dom da Sabedoria, que vos dá discernimento.

4. A Alegria da Admiração, que vos dá imaginação.

5. A Presença de Ciclos, que vos dá eternidade.

Este sistema mais amplo regula o Processo da Criação Pessoal – ou o que O Segredo chama de a Lei da Atracção. Podeis ainda chamar a este Sistema Maior e a este processo que regula a lei, “Deus”.

Este é um pensamento novo para muitas pessoas. Convido-vos a explorardes esta ideia, apenas por agora. Poderia ser “Deus” realmente, depois de tudo o que foi dito e feito, um processo? E esse processo poderia ser a experiência chamada Vida? Está o Processo da Criação Pessoal a reproduzir a vida à medida que ela se expressa naturalmente?

A Vida, tenho vindo a entender, é Deus. É Deus sendo Deus e tornando-se o que Deus vai Ser de seguida. Este é um sistema extraordinário e complexo que inclui um Processo que produz uma Expressão chamada vida.

Este sistema é um círculo. Imaginai este círculo na vossa mente. Neste círculo, o processo da vida produz a expressão da vida, a expressão da vida cria a experiência da vida, e a experiência da vida produz o processo da vida. Uma coisa leva à outra, que leva à outra, que leva à outra, num círculo sem fim. É tudo Um.

A vida tal como é criada é o processo, a vida tal como aparece é a expressão, e a vida tal como ela nos afecta é a experiência. Como ela nos afecta é determinado por nós – e isto não é algo que seja compreendido pela maioria das pessoas.

O ciclo eterno do processo/expressão/experiência é a própria Divindade: é Deus.

Esta é a manifestação da Presença dos Ciclos. Todas as coisas respondem a esta presença. Todas as coisas existem em ciclos. Todas as coisas têm o seu ser dentro do sistema – e não existe nada fora do sistema.

Onde entra a “Atracção”

A Atracção é parte do sistema, tal como os outros grandes Princípios da Vida. O uso consciente dos Princípios que são a base do Processo da Criação Pessoal produz uma Expressão da vida que leva à experiência da Divindade.

Estais a seguir-me aqui? Acompanhai-me. Continuai a seguir-me. Re - lede umas quantas palavras se o desejardes. Continuai a acompanhar-me.

Agora… tal como a física explica e controla os aspectos e elementos físicos das nossas vidas, também a metafísica explica e controla os aspectos mais importantes do que os aspectos físicos e elementos das nossas vidas.

A Atracção faz parte dessa metafísica. É um íman de energia. Ele puxa para si tudo o que é como ele mesmo. Ele obedece, absolutamente, ao princípio: Semelhante Atrai Semelhante.

Este íman de energia, este Poder de Deus, está a ser usado por nós no Processo da Criação Pessoal – e está sendo usado o tempo todo, quer estejamos ou não conscientes disso, quer o saibamos ou não.

Assim, agora, quando discutirmos o nosso próprio poder para produzirmos a nossa realidade, nós nunca mais temos que perguntar “Onde está Deus nisto tudo?”

Agora nós sabemos.

Neale

-o--=-oo000oo-=--o-

© 2010 Fundação Recreation – http://www.cwg.org – Neale Donald Walsch é um mensageiro espiritual contemporâneo cujas palavras continuam a tocar o mundo de forma profunda. A sua série de livros Conversas com Deus foi traduzida para 27 línguas, tocando milhões de vidas e inspirando importantes mudanças nas suas vidas diárias.

Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

Discursos Semanais de Melkizedek



Através de Marlene Swetlishoff
19 à 26 de abril de 2011


Aos Muito Amados,

O tempo que está agora diante de vocês, pode ser tanto um tempo de manifestações de tudo o que sempre desejaram, como pode ser um tempo para serem testados, tempos de testes. Sustentando os seus pensamentos no que vocês desejam e focando a sua atenção nisso, esses desejos irão se manifestar. A sua fé em todas as coisas boas estará com vocês nos períodos em que irão poder ver diante de vocês tanto tudo o que não é bom, como o que é bom, pois onde um está , também está o outro; cada tentativa e cada situação desafiadora, significa que uma porta miraculosa com oportunidades está sendo aberta. Esse é um tempo em que a crença e a nutrição do seu Eu são as coisas mais importantes e ao seguirem as suas intuições prontamente terão muitas bençãos inesperadas e prazerosas. Ao seguirem seus corações, em vez de usarem apenas a lógica, irão ser levados para lugares de grande potencial, lugares esses que vocês nunca acreditarem que eles pudessem existir, antes.

Ao tornarem-se desejosos em deixarem ir embora as crenças ou os padrões anteriores e renderem-se ao que está acontecendo diante de vocês, ganham enormemente em termos de entendimento e intuições espirituais. Render-se envolve um profundo desapego de tudo o que está queimando em vocês por um tempo demasiado longo. À medida que o seu apego às coisas, às pessoas e às situações acaba, desmorona, então, a partir daí, a vida é preenchida com o fluxo do amor com benevolente sincronicidade que chega a vocês sem esforço ou stress. Aprendendo a viver a cada dia dessa maneira permite que o Espírito inato comece a trazer para vocês, em seu dia a dia, tudo que é do mais alto bem e bençãos. Tudo que antes, uma vez vocês resistiam começa a se transformar nos maiores milagres e bençãos que vocês nunca viram antes.

Permitindo ao Espírito guiar o seu caminho querendo permanecer em estado de desapego, afirmando que "não a minha vontade, mas a Vontade de Deus seja feita através de mim ", pode soar muito simples, e isso o é, mas o princípio atrás dessa prática é que ela permite que uma força e Luz maiores trabalhem através de vocês sem resistência ao que é bom que o Espirito deseja para vocês. Cada um de vocês é merecedor para experimentar a vida com alegria, de modo gratificante, com prosperidade. Isso requer uma vontade de se estar em estado de desapego, de renúncia e de ser Deus em ação.

Olhem para os sinais do Espírito que está trabalhando com você pois, sempre há sinais. Vocês estarão pronto para irem para algum lugar, a um certo tempo ou haverá uma repetição de certas palavras por diferentes pessoas em sucessão, ou talvez vocês estarão na internet e de repente encontrarão em um website as respostas às perguntas que estiveram fazendo. Trabalhar com essas benevolentes e amorosas energias fará com que elas se movimentem gentilmente e graciosamente em direção para o mais alto e superior bem. Tudo o que é bom em suas vidas irá prosperar e tudo que esteve lhe segurando para trás irá cair, desmoronar como se nunca tivessem acontecido existido.

A fé e a confiança requerem a crença de que o Criador deseja dar a vocês toda a riqueza do Reino do Criador e de que a experiência de alegria, abundância e plenitude é seu patrimônio Divino. Acreditem, Meus Amados, na bondade de uma vida bem vivida, com honra e a integridade superior, pois ao fazerem isso, ela será manifesta.

Nós lembramos a vocês de novo de que os seus pensamentos são poderosos e que por cuidadosamente cultivarem emoções positivas quando pensarem no que desejam como sendo um acontecimento o mais benevolente e superior de que jamais puderam imaginar, então a partir disso, eles irão começar a acontecer. Observem os padrões dos pensamentos repetitivos e tentem discernir e gravar quando eles acontecem e irão começar a ver os padrões emergirem. Tornem-se observadores com discernimento em todos os aspectos de suas vidas e pratiquem a paciência e irão aprender muito mais sobre vocês mesmos, no que tange ao que lhes traz empoderamento.

Nas próximas semanas, sejam muito bons para consigo e para com todos os seus entes queridos. Pratiquem a Regra de Ouro pois ela é uma Lei Universal, que diz, "aquilo que você dá, você recebe em troca", como se fosse ela fosse a sua natureza de ser. A Lei Universal diz que aquilo que você dá você recebe em troca. Acima de tudo, nunca desista ou se desencoraje em uma espiral para baixo. Lembrem-se de que ao se permitir um período de contemplação ou mesmo um bom e longo sono, irão trazer uma perspectiva mais elevada, diferente do que a usual.

Peçam aos Anjos e aos seus Guias para darem sinais intuitivos daquilo que vocês necessitam e peçam mesmo a eles para elevar o seu espírito quando sentirem-se cansados ou esgotados. A ajuda está em toda a sua volta agora e cada pedido é atendido prontamente.

EU SOU Melchizedek


....:::::::::00|0|00:::::::.......


Tradução: Helena Renner helenarenner@yahoo.com.br

©2009 Marlene Swetlishoff
Esta mensagem pode ser compartilhada com outras pessoas desde que os direitos autorais sejam respeitado citando o autor e o link http://www.therainbowscribe.com/.

REAVALIAR, REDIRECCIONAR E REDEFINIR



Mensagem de Lauren C. Gorgo
8 de Abril de 2011


Antes que eu vos inunde com qualquer esperança de droga…também conhecida como esses arco-íris e borboletas que parecem sempre um pouco fora do alcance… lembrai-vos de que estamos ainda a integrar (embora no final da cauda) as energias do recente equinócio (21/3/2011) em que logo a seguir podeis ter caído noutro poço (muito) fundo de pavor universal em que Nada parece, ainda que remotamente, bom.

Os equinócios nunca são um tempo “fácil”, mas este período de integração mais recente pode ter sido sentido como especialmente opressivo. Nós tivemos também que ser extra vigilantes de modo a não ficarmos presos às energias da ansiedade, depressão, frustração e desesperança que têm chapinhado infelizmente à volta dos éteres, todos de forma independente a competir pela vossa atenção.

Em Março, pudemos definitivamente sentir a construção da pressão… estávamos a ser sem dúvida esticados até às nossas capacidades plenas, tanto nas nossas vidas pessoais como na colectiva. O projéctil universal foi lentamente puxando-nos para trás, preparando-se para nos lançar para as nossas novas vidas. Podíamos ouvir o ranger do elástico à medida que a banda à nossa volta se esticava até ao seu máximo potencial (definitivamente a pensar Aves Zangadas aqui) … e então… logo quando estávamos mentalmente preparados para sermos lançados na estratosfera: SNAP!... o elástico partiu-se e nós sentimo-nos a cair na lama. (Cumprimentos de Saturno com um lado de Mercúrio retrógrado)

Ring….Ring… Deus Pai e Mãe está a chamar de novo… desta vez para dizer: senta-te em casa.

Sim, caímos para fora da berma NOOOvamente e isso apenas pode significar uma coisa: hora de ir para dentro NOOvamente.

Quanto a vós eu não sei, mas eu estou tanto em mim mesma que não consigo passar mais de um minuto “dentro” sem morrer de aborrecimento ou explodir uma junta. Temos passado tantos anos sós connosco próprios, “lembrando de quem nós somos realmente” que está a roçar a auto-indulgência agora. Quero dizer, gente, a sério… quanto mais de vós mesmos podeis realmente tomar? É realmente cómico que, a todo o lado onde vou, aqui vamos nós. Não.podemos.ficar.longe.de nós próprios… e não importa quão “prontos” para irmos em frente estamos ou “pensamos” que estamos, há sempre forças a funcionar que parecem conhecer-nos melhor.

A um nível estamos tão prontos para voltar a nossa energia para o exterior que desgastamos o tapete com o nosso ritmo, no entanto, estamos simultaneamente muito cansados de sermos uma perfeita confusão. Interiormente, nós somos guerreiros…sem dúvida. Mas que bem há nessa força interior e mestria toda se não podemos sequer ir aos correios sem fazermos uma sesta?

Não tem importância, R E S P I R E apenas por um momento. Estamos ainda no canal de parto a passar pelos inchaços das contracções preparando-nos para darmos à luz os nossos novos eus. Dói, mas a pressão e desconforto são a força propulsora necessária para nos lançar para as nossas vidas novas.

(Re)definir o Palco

É mais do que óbvio que estamos preparados para mergulharmos de cabeça nas nossas vidas novas, contudo os invisíveis estão a deixar claro que é exactamente disso que estamos a ser protegidos. Estamos ainda (e momentaneamente) a ser salvaguardados por algumas forças celestiais super protectoras que estão a fornecer-nos (ler: suavizar) a estrutura, a disciplina, a sobriedade e a coordenação necessárias para caminharmos graciosamente para as nossas novas vidas, não precipitadamente e com alguma forma de realismo definido.

Por muito que eu tivesse tentado derreter isto…. lutando contra o desejo de me atirar para o tanque diariamente depois de outra rodada de quietude… em última análise eu sei que isto é uma coisa boa, assim como vós.

Temos vindo a bater os pés por tão longa iniquidade (juntamente com tudo isso esta esplêndida energia do fogo de Áries) que, se os portões fossem abertos sem alguma forma de restrição celestial, nós iríamos todos a correr directamente para o meio do trânsito.

Esta nova energia está a GRITar para nos movimentarmos, para nos libertarmos dos laços que nos prendem, para abraçarmos a nossa visão interior e nos aplicarmos de algum modo….mas, ao mesmo tempo, está-nos a ser pedido para estarmos absolutamente CERTOS de que deixamos toda a nossa bagagem para trás, para colocarmos os parafusos nas nossas cabeças, plantarmos os nossos pés firmemente no chão e deixarmos que os nossos corações liderem o caminho. Infelizmente, isto apenas equivale a arrastar a corrida com o travão de emergência puxado.

Esta nova onda de energia (amor) que está aqui agora, a borbulhar mesmo por baixo da superfície, é o que os invisíveis chamam “movimento para diante de proporções sem paralelo… uma deslocação em massa que está a impulsionar os pioneiros para a frente, aquelas almas que se têm preparado para este papel há eras.” Este mês pode não ser fácil ou divertido, mas acima de tudo ele é como que uma demarcação… o mês que nos separa do nosso passado e nos liberta para experimentarmos a recompensa de muitos anos, décadas e vidas de firme fortaleza de espírito.

Botão de Redefinição

A corrente que está a inundar a nossa nova fundação é compreendida por muitos elementos novos a que maior parte de nós está agora bem adaptada e bem ajustada. Esta energia nova, que será sentida com mais intensidade quando Mercúrio for directo, não é apenas a energia da acção física, mas uma energia que assegura que esse avanço seja inspirado por e alinhado com o bem mais elevado…uma força que somente pode ser activada através da reconexão e integração da cabeça e do coração.

Aqueles que estão a concluir a fase de reconexão estão em processo de serem redefinidos, por assim dizer. Este botão de redefinição só se torna viável quando a alma dá acesso ao plano divino para incorporar o receptáculo humano… e isto torna-se possível quando os campos de energia humana e biológica são purificados das energias baseadas no medo, o processo que completa a transição do humano mortal para o humano divino. Isto significa que quaisquer medos remanescentes que estejam a bloquear o avanço para a vida dos nossos sonhos vão ser objecto de uma revisão/redefinição durante este ciclo retrógrado.

“ O interruptor do humano divino é um interruptor interno que precipita uma metamorfose externa. Este processo está em curso actualmente para alguns… para os gostos que muitos vão começar a notar. Conforme integrais mais das energias trazidas pela recente lua nova (3/4/11), também ireis começar a incorporar as mudanças físicas. As mudanças serão subtis, mas visíveis e irão aumentar para finalmente serem testemunhadas pelos outros como uma transformação completa. Procurai mudanças na vossa forma física como indicadores desta verdade, que o processo de transfiguração começou.” – Sete Irmãs das Pleiades

Uma vez que o nosso botão tenha sido premido, todos esses aspectos do medo ou transformam a consciência baseada na separação ou dissolvem-se nos campos interligados da unidade. Uma espécie de irmos mudar de AM para FM e, uma vez sintonizados, já não termos acesso à faixa da frequência da anterior largura de banda. Estamos a redefinir o nosso campo de energia pessoal para se “sintonizar com” o cronograma da unidade que nos está a capacitar para tocarmos no nosso potencial expandido. Este espaço de maior potencial oferece-nos uma resolução mais firme, uma aceitação mais ampla do que é possível e uma certeza inabalável que nunca sentimos antes. Esta certeza vem de estarmos conectados e ligados… conectados com a nossa Fonte de poder verdadeiro, para que a luz dentro de nós possa brilhar com plena radiância.

“Uma vez que a chama interna lance o seu brilho, estais verdadeiramente livres. Isto é o que está a transpirar durante este mês… uma reconexão, uma expansão, uma maior consciência e uma nova determinação.” -Sete Irmãs das Plêiades

Incorporando os Nossos Planos Divinos

“Para os que estão alinhados com a nova linha do tempo da consciência da unidade, descobrireis que nos momentos antes estais de súbito a expandir-vos no “tempo”. Esta mudança vai criar grandes deformações ou curvas no tempo que vos vão permitir que a eternidade de cada momento seja avaliada/determinada/acessada dentro da forma física. Este potencial criativo nunca foi realizado para a humanidade.” -Sete Irmãs das Plêiades

O propósito de nos tornarmos um pleno humano-divino é fundir o físico com o espiritual… reconectar os hemisférios esquerdo e direito do cérebro para que a biologia humana funcione dentro do contexto do plano espiritual. Este projecto, que é o roteiro para a encarnação humana, contém a informação necessária para que uma alma viva uma vida humana… trata-se do centro de controlo ou quadro central, que aloja cada uma das nossas peças Únicas para o puzzle humano colectivo.

Ao longo do mês de Abril mais das nossas singularidades estarão a vir à tona… na medida em que cada um de nós seja capaz de abrigar e direccionar ou redireccionar claramente as nossas vidas para se alinharem mais plenamente com o potencial contido dentro do nosso projecto divino. Este potencial foi sempre a linha de orientação nas nossas vidas, no entanto, conforme o véu se estreita e nós nos tornamos mais conscientes dos nossos destinos individuais como co-criadores, este projectos vão mudar de “linhas de orientação” para os “nossos auto-criados projectos de vida”.

Esta mudança é subtil, mas poderosa… ela encaixa no nosso projecto da alma, em primeiro lugar, reorienta todos os nossos desejos da cabeça para o coração e ajusta o nosso ritmo interno para seguir o caminho do nosso bem mais elevado sem a nossa participação consciente. Isso remete-nos para o fluxo fácil da criação que nos capacita para vivermos plenamente a partir do espaço do AGORA, o ponto central (zero) para a manifestação total das nossas capacidades.

Aceder a este ponto (zero) é fundamental para o nosso sucesso como co-criadores…ele permite-nos fundirmo-nos plenamente com a nossa divindade, na forma humana, e trazermos os dons e os tesouros da vida ascensa para as dimensões da fisicalidade. Podeis estar já a notar alguns desses novos dons divinos a pularem através do véu bem como do equinócio…. Coisas como aumentar a intuição com precisão impressionante está também a anunciar um novo sentido segurança e de confiança nas vossas capacidades…podeis também acordar subitamente com nova clareza, telepatia crescente, sonhos proféticos, a capacidade de ler ou de ver auras, etc.

Saindo

Para além de novos dons espirituais ou mais desenvolvidos, podeis também estar a esbarrar contra um renovado sentido do eu que está a começar a emergir…especialmente no que respeita ao mundo social e a como as pessoas se relacionam connosco. Esta nova energia está a atrair pessoas/locais/situações com que nós somos capazes de expressarmos os nossos eus divinos mais plenamente e permite-nos sermos vistos de um modo mais autêntico. Demora um pouco a acostumarmo-nos, depois de muitos anos de salvaguardarmos a nossa verdade e de não sermos capazes de nos partilharmos completamente com os outros à nossa volta, mas a energia mudou agora e estamos a ser chamados para dar outro passo e nos ajustarmos ao mundo social de novo, se bem que a partir de um ponto de vista de uma dimensão superior.

A nossa hora é agora ou está a aproximar-se depressa, e o líder em cada de nós está oficialmente a sair. Os nossos campos de energia pessoal estão a começar a abrir-se para o mundo exterior de novo e, assim, nós encontramos essas pessoas que de repente parecem invulgarmente interessadas em nós ou no que temos para partilhar, e podem mesmo perguntar coisas acerca dos nossas perspectivas únicas.

A um nível pessoal eu testemunhei isto em primeira mão na semana passada, durante a passagem e funeral da minha amada tia quando fui cercada por pessoas sobretudo religiosas que, apesar do meu desejo de não ser notada, estavam determinadas (ou assim o senti) a abordar-me com questões acerca do “que eu faço para viver”. Devido a ter passado os últimos 6 anos em segurança, evitando estas questões (para a maioria), eu estava totalmente desprevenida para lhes responder… e isso notou-se.

Mas, para minha surpresa, a maior parte destas pessoas religiosas (salvo para as poucas fanáticas da Bíblia) estavam deliciosamente abertas e genuinamente curiosas sobre a minha linha de pensamentos. E, apesar de por trás dos sorrisos estarem alguns rosnados em defesa de um sistema de crenças disfarçado, de algum modo uma conexão (do coração) emergiu graciosamente entre nós… não no sentido teológico, embora encontrássemos alguns pontos em comum, mas no sentido em que cada um de nós estava activamente à procura de uma conexão… uma maneira de nos relacionarmos uns com os outros em vez de buscarmos maneiras de sermos diferentes, ou separados.

Isto foi um abrir de olhos para mim e aconteceu tantas vezes ao longo de duas semanas que eu soube que algo estava diferente. O interesse esmagador em mim ou no que eu tinha a dizer era visivelmente maior em comparação com tempos passados em que eu fui literalmente invisível e em que estava completamente convencida que estava a ser inútil. Mas a verdade é, nós ESTAMOS diferentes agora… e também o está o mundo…e porque, em algum nível estamos prontos para nos oferecermos aos outros, estamos agora a emitir esses sinais… e porque as pessoas estão prontas para abrirem um pouco mais as suas mentes, estão a captar os nossos sinais e mesmo a começarem a sintonizar-se com o nosso comprimento de onda.

O Nosso Próximo, Primeiro Passo

Nós estamos, neste momento, numa poderosa passagem entre o nosso passado e futuro. As nossas rodas cármicas perderam finalmente a sua rotação mas, antes de pularmos com a capacidade de irmos a Qualquer lugar que desejamos, precisamos de dar uma boa olhada à volta. Precisamos de ter a certeza de que não deixámos passar ou evitámos nada que esteja a bloquear o nosso pleno potencial ou a incapacitar a nossa capacidade de nos expressarmos de modo livre e autêntico.

Saturno irá provavelmente fazer o trabalho sujo de disparar os nossos gatilhos e de empurrar todos os nossos botões cármicos este mês, mas devemos ter a certeza absoluta que não há nenhuma carga emocional restante. Por outras palavras, não vos prepareis apenas para serdes testados, esperai-o. Dessa maneira não há surpresas e podemos honrar objectivamente o grandioso trabalho do mestre de reflectir a nossa fraqueza de volta para nós, apenas assim podemos tornar-nos mais fortes e mais resistentes.

A lua nova em Áries (da qual ainda nos estamos a recuperar) libertou-nos do nosso passado e está a oferecer-nos, não somente a oportunidade de solidificarmos a base dos nossos novos começos, mas de verificarmos se há algumas fendas antes de construirmos solidamente em cima delas. Quaisquer fendas na nossa base surgirão a partir da instabilidade de medos e dúvidas persistentes acerca do que pensamos ser possível.

A quietude e as restrições celestiais que sentirmos durante este mês irão ser muito valiosas e fornecer-nos-ão a capacidade de escolhermos o amor em vez do medo, em cada situação não resolvida que surja na nossa consciência. Se nós abraçarmos este processo e compreendermos a bênção nele contida, teremos a oportunidade de nos transformarmos completamente e avançarmos para uma maneira totalmente nova de vivermos e de amarmos. Se existem elementos retrógrados, devemos re-solvê-los. O resto deste mês vai dar-nos todas as oportunidades possíveis para que o consigamos fazer.

Antes de darmos o nosso próximo, o primeiro passo como os humanos-novos, devemos reavaliar tudo, ajustar os nossos objectivos, esclarecer o nosso novo sentido de propósito e alinharmo-nos tão completamente quanto possível com o nosso potencial ilimitado de sermos, fazermos e termos tudo o que os nossos corações desejam verdadeiramente.

Se isso parece muito para fazer em apenas poucas semanas, acrescentai a isso a compressão do tempo o que traduz poucas semanas para amanhã de manhã, ou talvez mesmo ontem;))

Vemo-nos no silêncio… NNNNovamente

Lauren

ThinkWithYourHeart.net

Direitos de Autor © 2009-12. É concedida permissão para copiar e redistribuir esta transmissão na condição de que o seu conteúdo permaneça completo e intacto, sejam dados os devidos créditos ao(s) autor(es) e este seja distribuído livremente.
Tradução: Ana Belo – anatbelo@hotmail.com

IMPECABILIDADE CRISTALINA: DANÇANDO COM AS ESTRELAS



Uma mensagem de Metatron canalizada por Tyberonn,
16 de abril de 2011

Saudações, Queridos! Eu sou Metatron, Senhor da Luz, e saúdo todos e cada um de vocês respeitosa e intencionalmente. Saúdo cada um individualmente no momento exato em que lê estas palavras vivas, na essência vibratória do eterno AGORA e o abraço em amor.

À medida que a anunciada Ascensão se aproxima, tudo está se abrindo ao seu redor. A natureza da sua Semente Estelar se expande nos reinos da Terra; na verdade você está dançando com as Estrelas; as Estrelas da esperança, do amor e da impecabilidade.

Querido, nós do Reino Angélico estamos aqui para apoiá-lo, para lhe oferecer intuições orientadoras, mas cabe a você, na sua jornada de polaridade e dualidade, superar seus desafios. Estes são os caminhos da sua aprendizagem e é sua tarefa enfrentar e resolver os seus problemas. Nós o ajudamos colocando-o em contato com seu próprio poder. Nosso propósito não é resolver nada por você, nem de nos colocarmos entre você e sua própria liberdade de discernimento e escolha, oferecendo-lhe “respostas”, nem mesmo para os desafios mais complexos.

Nosso propósito é reforçar sua própria força, pois, afinal, a vasta divindade do seu Ser não só está bem preparada para ajudá-lo a encontrar satisfação, como também está totalmente desejosa de fazer isso. E nesse processo, Querido Ser Humano, você descobrirá sua natureza superior de sabedoria, entendimento, exuberância e paz. Ninguém, nem mesmo um Anjo, pode fazer isto por você. Na impecabilidade você realizará todas as tarefas auto-designadas que se apresentarem a você.

Querido, neste momento, nós lhe oferecemos a energia integral da nossa Existência de Luz, da nossa essência cristalina. Nós lhe oferecemos, em puro amor, a orientação da nossa sabedoria para o seu discernimento. E lhe pedimos apenas, Mestre, que se mantenha plenamente presente em seu coração e mente. Compreenda o que lhe dizemos, pois você é um Deus em processo. Do que lhe oferecemos, tome o que ressoar consigo, pois lhe é apresentado no mais profundo respeito e amor.

DANÇA ESTELAR: EXPANDINDO-SE EM AMOR

A dança estelar da sua vida é expandir-se em amor. Mas o amor do qual falamos não é meramente a emoção que os seres humanos consideram amor, mas a energia e ciência magníficas e extraordinárias do que pode ser chamado de amor incondicional expansivo. Neste contexto, o amor é realmente uma ciência, um vasto campo composto de uma ressonância vibratória muito complexa.

Então, permita que definamos melhor um componente-chave da ressonância do amor, já que ele se relaciona com o seu crescimento… Este é a impecabilidade da vontade divina ativada. Quando a vontade é traduzida em ação, ela é a propulsora da sua busca por crescimento espiritual. Então a impecabilidade é a transformação das suas experiências e conhecimentos presentes na sabedoria da ação.

ACEITANDO O DESAFIO

Embora seja verdade que os seus pensamentos criam a realidade que você vivencia na dualidade, você mesmo, num aspecto mais elevado, compõe e cria, ponderada e cuidadosamente, os desafios que enfrenta. Estes têm um grande propósito. Quer realmente acredite ou não, você escreve seus próprios testes. Então, embora “pensamento positivo” seja uma frequência importante, o pensamento positivo tem a intenção de ajudá-lo a lidar com suas lições de vida e não evita o processo de aprendizagem em si. Você não pode simplesmente ignorar ou eliminar por um passe de mágica as lições de crescimento que programou para si mesmo com o fim de se expandir. Isto porque, na maioria dos casos, as situações que você escolheu estão fora, além da capacidade do aspecto dual do seu cérebro-ego de removê-las ou eliminá-las. Você as enfrentará, porque, no seu Eu Divino, você as desejou a partir de uma perspectiva mais elevada.

Nós lhe asseguramos que não há nada mais estimulante, mais digno de realização do que o seu desejo manifestado de evoluir, de mudar para melhor. Na verdade, esta é a missão de cada uma das suas encarnações. Não é suficiente meditar e visualizar a meta desejada sendo atingida, se não agir de acordo com sua voz interior, a energia da qual suas meditações e visualizações surgem.

Intenção, foco e meditação devem se unir totalmente à ação. Tornar-se impecável e finalmente alcançar a Iluminação não quer dizer – como algumas religiões sugerem indiretamente – que de repente você se encontre num abençoado estado de esquecimento, ou em algum distante estado de Nirvana. Mestre, nós lhe dizemos que você faz parte do Nirvana hoje, como sempre fará; basta descobri-lo dentro de si mesmo.

Realmente haverá ciclos no seu estado emocional, que fazem parte de ser um humano. Haverá momentos em que se sentirá apático e deprimido. Estes estados poderão ser causados não só por problemas que você enfrenta, mas até por certos aspectos astronômicos. Tudo isso deve ser enfrentado e pode ser superado. Então, saiba que o “Nirvana” é alcançado através da atitude – não através de rejeição, ignorância ou fuga, mas através da avaliação impecável da projeção da realidade que o envolve.

A experiência terrena – a maestria da dualidade – é difícil. Esta é uma grande verdade, uma das maiores verdades da dualidade, e geralmente é mal compreendida. O estudo e maestria da vida requerem trabalho. Você não pode simplesmente colocar o livro debaixo do travesseiro e dormir sobre ele; é preciso que ele seja lido e entendido uma página de cada vez, momento a momento.

Portanto, é preciso entender e aceitar que sua vida é uma construção de situações que você planejou a fim de possibilitar seu crescimento espiritual. Quando aceitar esta nobre verdade, você terá a oportunidade de transcendê-la. Aquilo que você chama de “destino” é, na verdade, uma série de situações que você pré-planejou para sua lição de vida. E, meu Querido, esse mesmo “destino” escrito por você vai ajudá-lo a enfrentar seus desafios e depois manifestar seus desejos, mas não porque você reclamou daquilo que não gosta. Para vivenciar a luz do seu desejo, você deve acender a paixão que vai libertá-lo da fortaleza onde ele esteve rigorosamente guardado. O melhor caminho é aceitar o desafio da auto-purificação, sendo um exemplo vivo da sua própria luz, em vez de protestar contra as trevas que ainda existem no mundo na terceira dimensão e escolher isolar-se dele.

ACEITAÇÃO

Mestre, ao aceitar que está aqui para enfrentar desafios, você poderá criar mais firmemente a energia necessária para enfrentá-los. Porque, a partir do momento em que aceitar isso, o fato de que a vida pode ser difícil não mais o assustará e sim motivará o seu guerreiro espiritual interior a resolvê-la.

O maior problema que você tem em aceitar o controle e responsabilidade pelas suas ações está no desejo essencial de evitar a dor das consequências desse comportamento. Mas lhe dizemos que a coragem confrontadora de resolver impecavelmente os problemas é que provê e realmente alimenta significativamente o crescimento na sua vida. Enfrentar os problemas é o que distingue sucesso de fracasso, ou melhor, crescimento de estagnação. Os problemas trazem à tona os seus melhores esforços para resolvê-los e aprimoram a coragem e a sabedoria do buscador impecável.

É justamente por causa de situações difíceis e obstáculos estressantes que você cresce mental e espiritualmente. É através da dor de enfrentar e solucionar os quebra-cabeças da vida e as situações pré-programadas, que você aprende o significado maior da ciência do amor. Meu Querido, o fato é que suas realizações mais difíceis, e certamente seu maior crescimento, são gerados quando você se encontra nas inquietantes encruzilhadas do problema. Suas maiores provas e revelações acontecem em momentos em que você se encontra fora da sua “zona de conforto”, sentindo-se desnorteado, insatisfeito, ou até num estado de angustiante desespero. Pois é nesses momentos, impulsionado pelo desconforto, que você é levado a arrombar a jaula confinadora e procurar um modo de vida melhor e espiritualmente mais satisfatório.

IMPECABILIDADE – O ESTADO DE GRAÇA

O que é impecabilidade, então? Não estamos subestimando a premissa básica quando definimos impecabilidade simplesmente como “sempre tentar fazer o melhor”. Mas manter-se impecável exige mais esforço, à medida que a extensão da sabedoria e consciência que você adquiriu se expande. Quanto maior a sua consciência, mais você “sabe”. Quanto mais você sabe, maior é a sua responsabilidade de viver em conformidade.

Você está no processo de expansão da sua consciência vibratória, tornando-se um participante consciente com a alma. Você está se tornando o que sua alma é, descobrindo sua identidade maior. Querido, quando você cresce espiritualmente, é porque se abriu para a busca do crescimento e está agindo, trabalhando para consegui-lo.

A impecabilidade envolve a expansão deliberada do seu Ser em evolução. A impecabilidade coloca-o em estado de graça. Impecabilidade não significa que você tenha alcançado a iluminação ou aprendido tudo o que precisa aprender, mas que você está no único caminho, no caminho certo para chegar lá.

Então vamos definir a impecabilidade em dois níveis, dois formatos de fase:

1) IMPECABILIDADE CONDICIONAL – É quando o indivíduo não é muito adiantado, mas está trabalhando para atingir a maestria; está fazendo o melhor; utilizando o conhecimento, na medida da sua capacidade, para fazer a coisa certa, mesmo quando há ignorância e concepção errada e inocente. Isto é, quando ele acredita realmente que o que está fazendo é o caminho certo, mesmo que esta não seja a verdade plena e expansiva. Todo mundo passa por esta fase. Nesta fase, se você comete um engano, é um engano honesto, no qual você acredita genuinamente que está fazendo o que sentiu que era correto.

2) IMPECABILIDADE DE MAESTRIA – Esta é a fase da alma na existência humana, que é o ápice da Maestria. É quando o indivíduo é muito adiantado e está vivendo de acordo com o que prega, sem ter nenhum conflito interno entre o que ele acredita ser o caminho certo e como ele age.

As duas fases ativam o que poderíamos chamar de estado de graça acelerado. A graça é a ajuda do Eu Divino no resultado das situações, quando a pessoa está tentando fazer o melhor. Você pode pensar nela como um “Anjo da Guarda”, porque em muitos casos um Anjo da Guarda é isso – o seu Eu Divino intervindo providencialmente nas situações para ajudá-lo em seu caminho.

Se fôssemos redefinir o que os seus textos religiosos consideram pecado, não o faríamos em termos de mandamentos, mas como “conhecimento não utilizado” – tomar atitudes que você sabe que são incorretas, atitudes que estão em conflito com suas crenças mais elevadas.

A SABEDORIA ESTÁ NO INTERIOR

A maioria das pessoas deseja uma sabedoria maior do que a sua própria. Procure e encontrá-la-á. Você pode encontrá-la “escondida” dentro de si mesmo, Mestre. Infelizmente, esse é o último lugar onde a procura, pois dá trabalho. O divino ponto de contato entre Deus e o ser humano está naquilo que os acadêmicos chamam de subconsciente.

Até mesmo os seus textos religiosos lhe dizem que Deus está no seu interior, que você é uma centelha do Divino. A mente subconsciente, ou “cérebro posterior”, nos seus termos, é a parte de você que é Deus; a porção do seu Eu Maior que contém o conhecimento de “Tudo O Que É”, a parte de você que contém os Registros Akáshicos, a memória da sua alma.

Como o subconsciente é a Mente Divina em você, a meta do crescimento espiritual é alcançada entrando-se no sagrado “Jardim da Sabedoria”. Isto se consegue aquietando-se a mente do ego. A meditação sempre foi o portal; ela é a chave para aquietar a conversa do ego-personalidade e permitir que a “Voz da Alma Divina” seja ouvida. Repetimos que é necessário esforço. Não existe nenhum atalho.

Reconquistar a condição Divina é o propósito da sua existência individual no plano da polaridade. Você nasceu para poder se transformar, como consciência individual, numa expressão física de Deus; uma expressão divina em estado de Ser.

Este desafio é o objetivo da sua alma, seu verdadeiro propósito e, nas jornadas físicas, o relógio está sempre correndo. A conquista da qualidade Divina na fisicalidade é conseguida com o tempo, através do desejo imaculado que é acionado no reino físico por meio da fusão com a sabedoria do não-físico. O tempo importa.

Na polaridade, a atual mudança de paradigmas e energias pode tirá-lo do centro com muita facilidade nestes tempos acelerados. Muitas vezes, o seu propósito verdadeiro é difícil de ser definido subjetivamente e o seu entendimento e lastro ficam justapostos entre a ilusão e a realidade percebida. Você pode sentir que está vivendo numa distorção e que nada é exatamente como parece ser. Neste processo, você pode ficar confuso e complacente. E pode perder a noção do tempo.

Querido, sua vida… cada instante da sua vida física é precioso, muito mais do que você pode imaginar; muito mais do que você aproveita. O tempo é um bem precioso, e é finito na sua dualidade. Todas as pessoas, em algum ponto do futuro, farão a transição para fora do físico. Ou, de acordo com a sua linguagem, todos experienciarão a morte, todos morrerão. Esta é uma condição da fisicalidade, você sabe. Entretanto, muitos agem como se fossem viver para sempre. É verdade que a alma é eterna, mas você não será sempre a mesma pessoa, a mesma personalidade ou expressão que é agora, em qualquer outra vida, em qualquer outro aspecto da sua existência.

Você está aqui para aprender, Querido; está aqui para aprender as expressões da sua própria Divindade dentro da dualidade. E realmente, a dualidade é uma dádiva. A vida é uma dádiva. Você está aqui para aprender a co-criar, pois, na verdade, você e todos os seres humanos são co-criadores do Universo, do Cosmos e estão aqui para alcançarem a Maestria. E muitos já estão bem perto dessa conquista.

APROVEITE O DIA

Mestre, enquanto não se valorizar verdadeiramente, você não estará na graça da impecabilidade e, portanto, não estará motivado para realmente valorizar e otimizar o seu tempo. A menos que dê grande valor ao tempo que lhe cabe, você não “fará o melhor” com ele. “Carpe Diem” é traduzido como “Aproveite o Dia” e é muito apropriado. Você precisa aproveitar cada momento! Muitos indivíduos, apesar de suas boas intenções, se permitem ficar tranqüilos no comodismo, em certas fases ou em certas condições da jornada que escolheram. Muitos perdem tempo, utilizam mal o tempo e, assim, encarnações e encarnações podem ser desperdiçadas. Aquilo que você não enfrenta, aquilo que você não resolve em qualquer momento ou vida, acabará voltando à tona; você repetirá a situação até que consiga solucioná-la com sucesso. Isto com certeza é uma grande verdade.

Mestre, utilizar bem o seu tempo na dualidade é essencial, e isto é um empreendimento complexo, porque requer que você busque a impecabilidade; requer que você ame a si mesmo, pois enquanto não se valorizar genuinamente, você não valorizará verdadeiramente a sua vida e o seu tempo. E enquanto não valorizar seu tempo, você não será motivado a maximizar a forma de utilizá-lo.

Isto é a Disciplina natural, é a ferramenta básica para resolver os problemas da vida. Sem disciplina é difícil você ter o estímulo necessário para se concentrar no trabalho de solucionar seus problemas. Em poucas palavras, você pode se tornar imobilizado… apático, acomodado ou preguiçoso. Na “Escada da Ascensão”, ou você se move para cima, ou fica parado, ou se move para baixo.

Na física tridimensional, existe uma lei que afirma que uma energia altamente organizada naturalmente se degradará se não estiver em estado dinâmico. Pela lei natural, é mais fácil permanecer em estado de acomodação no plano físico, do que numa condição de movimento ascendente. Isto é claramente lógico. A Lei do Amor é que motiva todas as almas a ascenderem para maior consciência, e isto requer dinâmica… trabalho! Na verdade, a preguiça é um dos seus maiores obstáculos, porque trabalhar significa nadar contra a maré. Aproveite o Dia!

ORDEM PERFEITA

Algumas pessoas dizem e sentem que “Tudo funciona como devia, tudo está em perfeita ordem”. Mas isto é um paradoxo, Mestre. E, como numa carta de baralho, uma das figuras está sempre de cabeça para baixo, de qualquer jeito que se olhe para ela, entende? Do ponto de vista superior, tudo está em perfeita ordem, mas da perspectiva da dualidade, não está! Se estivesse, não haveria nenhuma necessidade de lição, nenhuma necessidade de reencarnação. Basta dar uma olhada ao seu redor para saber que a situação da humanidade no planeta Terra está longe de ser perfeita. Na verdade, NÃO vai funcionar como devia, até que os seres humanos façam com que funcione!

Isto se aplica ao micro e ao macro. Há muito a ser trabalhado, muito a ser revisto. E tudo ocorrerá no tempo apropriado, Mestre. Nós lhe oferecemos algumas questões ligadas à perda de tempo, para sua análise e discernimento:

EGO OCULTO – ARROGÂNCIA ESPIRITUAL

Muitos são líderes e professores e trabalharam bastante e durante muito tempo para chegar a um nível avançado de conhecimento das verdades espirituais. Isto é admirável, mas leva a uma encruzilhada decisiva.

Um ser humano no caminho da Maestria deve evitar as armadilhas do ego ou cairá na atrocidade. Um líder deve sempre respeitar a voz da sua alma e seguir o caminho que lhe é indicado internamente, de modo a ascender em vez de decair. Esta é uma orientação essencial para todos que estão no curso avançado de Maestria. Sem a “avaliação e calibração internas da alma” não é possível enxergar a verdadeira direção do lar.

Entenda que com o progresso contínuo vem a necessidade da humildade. Quantos já participaram de reuniões metafísicas onde acabaram quase humilhados por alguém que fez questão de lhes contar como conseguiu ir longe em seus sonhos, quantas visões grandiosas já teve e quantos mestres celestiais ele enxerga nos reinos superiores, insinuando que é um ser avançado na maestria e quer ter certeza de que todo mundo saiba disto.

Esta é uma armadilha compreensível, mas não é o caminho da integridade. A Arrogância Espiritual é muito comum nos círculos da Nova Era, embora muitos que a praticam não tenham sequer consciência de que estão se apresentando de um modo tão pomposo. Existem muitas ciladas secretas do ego nos círculos espirituais. Ninguém está isento disto. Líderes e professores que progrediram até certo nível são especialmente suscetíveis de cair nesta cilada do ego, quando começam a conquistar seguidores. A maioria dos que caíram não o reconhece. Você é um deles? Acontece com a maioria, em algum momento, Querido. A humildade é o caminho do verdadeiro líder espiritual, entretanto é muito fácil cair cegamente no auto-engrandecimento.

Dizemos-lhe com amor, Querido, que isto acontece com todos. Acontece em todas as suas encarnações: o movimento e a mudança, dia a dia, para dentro e para fora da integridade. Na dualidade, seja um professor ou seja um aluno (na verdade, todos são ambos!), ninguém está acima disso, e é por isto que é necessário se re-calibrar através do espelho infinito da verdade, através da auto-análise feita pelo observador distanciado interno. Existe uma linha muito tênue entre amor por si mesmo e ego. O paradoxo é que o primeiro é uma necessidade da impecabilidade e o segundo é um obstáculo a ela.

No caminho para a Maestria, muitas vezes você será forçado a escolher entre o amor e o poder; e o poder é muito sedutor e, geralmente, muito bem disfarçado. O orgulho vem antes da queda. Muitos se elevaram a grandes alturas na conquista espiritual, mas acabaram perdendo tudo isto por se deixarem cegar pelo ego.

Existem duas formas de poder, uma é usada para controlar, é o poder político; a outra é o poder verdadeiro, o poder benevolente do Amor. Mas, à medida que progride em consciência, você verá essa distinção menos como uma questão de bem e mal, e mais como uma questão entre amor e conceitos enganadores de poder. São energias mais sutis. Existem energias que desejam um movimento ou direção e há energias que precisariam de uma compreensão mais aprimorada. O desafio se encontra em juntar todas as peças, e esta não é uma tarefa fácil.

INTEGRIDADE SEXUAL

O verdadeiro amor é uma frequência. Não é paixão emocional, não é romance e não é sexual, nos seus termos. Acima da dualidade, na sua verdadeira essência, você é andrógino, integral, inteiro e sem gênero. Só no plano da polaridade do reino físico é que ocorre a orientação de gênero. Neste momento e no seu plano atual de existência, a atração física para fertilização sexual está no modelo atual do DNA, para preservar a sobrevivência das espécies. Isto não é preciso nem está presente no seu Eu Superior, acima da dualidade.

A sexualidade é outra área que é muito complexa, muito confusa para muitas pessoas. É uma área que requer impecabilidade.

Através dos tempos, nas diversas culturas em todo o planeta, existiram muitos sistemas de crenças, expressões variadas, experimentos e modalidades da expressão sexual na biologia. Alguns foram muito moderados, outros extremamente liberais. Os laços mais profundos do amor biológico e espiritual encontram-se na base de todos os relacionamentos pessoais e culturais, mas existe um amor mais elevado que transcende a sua programação cultural e religiosa de sexualidade.

Padrões morais, impressos pela religião e cultura no seu paradigma atual, têm uma influência considerável na opressão em termos de expressão sexual. A consequente orientação sexual extremamente específica reflete, então, uma firme divisão na consciência. Não apenas separa o masculino dos impulsos emocionais alentadores, mas também separa o feminino da sua própria liberdade de projetar força e intelecto. Isto efetivamente formula uma cultura restritiva, na qual mente e coração, força e alento estão separados em polaridades através do gênero.

Intimidade e expressão sexual são veículos para a expressão da energia não-física de maneira física. A sexualidade pode ser sagrada ou pode ser simples luxúria. Quando é uma expressão espiritual da união de almas de um modo físico, ela é vivenciada como muito mais do que um ato físico e é feita a partir da intenção e manifestação dos chacras superiores. Neste caso, a energia vital despendida é amplificada, santificada e retorna ao campo energético dos participantes, aumentando a vitalidade e equilíbrio de ambos. Cada um registra a impressão da alma do outro.

Entretanto, este não é o caso quando ela se expressa apenas pelo impulso físico, com o único propósito de satisfação sexual. Quando o ato sexual ocorre apenas para satisfação física, a energia vital é simplesmente despendida, gasta, e não retorna ao campo de energia humano. Na realidade, em alguns casos, quando o ato se baseia apenas no egoísmo e gratificação, ele rompe um pouco o campo eletromagnético e pode ocorrer vazamento de energia.

A maioria dos seres humanos, na sua sociedade atual, tem problemas conflitantes a respeito da sua própria sexualidade e expressão sexual. A sexualidade é algo que pode fundir duas almas em bem-aventurada unidade, mas também pode expressar cada um como Um. O aspecto qualitativo da intenção dos participantes é que determina o nível do fluxo do chacra específico, se é ou não feito com lucidez superior, entende?

Não é irônico que muitos de vocês alcancem o maior equilíbrio em suas vidas, só depois que seus corpos cessam de produzir hormônios sexuais? Entretanto, a liberação do chi através da kundalini, por meio do ato sexual, está entre as energias mais poderosas disponíveis para a humanidade. Ela foi usada exageradamente e caiu no mau uso e desperdício. A chave é a intenção.

Quando existe uma atração consensual, unida ao carinho e respeito mútuo, ela pode ser maravilhosamente sensual, bonita e sagrada. É capaz de transportar o espírito a reinos superiores, combinando a trindade do corpo, mente e alma. Quando isto acontece, especialmente entre membros da mesma família de almas, dá-se a transmissão de uma impressão energética e um efeito sinergético que é extremamente benéfico em muitos níveis.

A sexualidade é a expressão natural do amor que floresce entre as almas. Pode ser a expressão mais elevada do amor entre as pessoas, independente de gênero. Entretanto, pode se tornar uma fonte de culpa, uma fonte de controle, e uma fonte de preconceito e julgamento. Pode se tornar uma fonte de auto-engrandecimento e dependência, principalmente entre aqueles do gênero masculino, porque o impulso masculino para a reprodução está fisicamente conectado ao corpóreo, por assim dizer. Assim, ela é frequentemente mal compreendida e mal utilizada.

Os relacionamentos deveriam ser baseados em consenso, e a liberdade desta expressão deveria ser respeitada, mas perfeitamente alinhada com os chacras superiores. A dominação de um sobre o outro não é compatível com o verdadeiro amor nos relacionamentos de qualquer natureza.

A intenção elevada, na sexualidade, é extremamente benéfica em todos os níveis – físico, mental e espiritual. Ela pode ser uma fonte de rejuvenescimento e regeneração. No entanto, muitos escolhem expressões sexuais que chegam às raias do deboche, manipulação, ganância, conquista e infeliz dependência do orgasmo físico.

Sem julgamento, lhes dizemos que a energia sexual é uma dádiva de energia maravilhosa, e quando usada com intenção mais elevada, oferece um vislumbre da felicidade orgástica sagrada dos reinos celestiais. Ela é a força vital e deveria ser usada sabiamente, envolvendo o corpo, a mente e o espírito.

Quando a expressão sexual é devidamente escolhida, seu desenvolvimento responsável com intenção mais elevada, através da associação dos corações e do amor, é um aspecto da impecabilidade cristalina.

BLOQUEIO ENERGÉTICO NÃO RESOLVIDO

Mestre, na caminhada final para a Maestria, a maior parte dos seus problemas principais já foi trabalhada, e nós o respeitamos por isto. Entretanto, o que falta pode ser desconcertante de ser confrontado. Mas é importante enfrentar todo e qualquer problema ou energia não resolvidos.

Dizemos isto sem julgamento. Nós chamamos sua atenção para isto para ajudá-lo. Pois, com o tempo, tudo terá que ser enfrentado. Quanto mais adiantado você se torna, mais dificuldade pode ter para remover as pequenas questões não resolvidas, porque geralmente elas estão bem escondidas. A energia não resolvida… as questões finais podem tornar-se polarizadas e serem afastadas do seu campo mental, ficando esquecidas nos resíduos de muitas encarnações. Querido, tome um tempo para se auto-analisar no aspecto multidimensional, na Mer-Ka-Na. Por favor, determine o que falta ser trabalhado.

FÍSICA DA POLARIDADE

Veja, Mestre, quanto mais você se aproxima da luz, mais fortemente atrai as trevas. A luz atrai insetos! Quanto mais adiantado você for, mais crítica atrairá, e para lidar com isto, você precisa de sabedoria.

O aspecto polar da “Lei da Atração dos Opostos” entra em cena aqui. Olhando de um ponto de vista mais afastado, o que acontece é eletromagnetismo. A energia positiva pura tem maior atração “magnética” para a energia negativa. Então, à medida que a sua luz brilha mais, a atração magnética em relação ao pólo oposto aumenta. Isto pode ser administrado, mas você precisa ter luz, humildade, força e disciplina para defleti-lo.

Então, lidar com afrontas, com a energia pesada do ciúme, ódio e raiva, é uma peça importante do enigma para alcançar o nível de Mestre da Impecabilidade.

Como você lida com isso? Não tomar nada como pessoal talvez seja mais fácil de dizer do que de fazer, mas é uma grande verdade. Sua Bíblia fala de oferecer a outra face. Mas isto não significa que você deva pedir desculpas quando alguém pisa no seu pé. Parte do paradoxo é realmente defender a sua verdade. Mas significa, sim, que você não pisa no pé dos outros, intencionalmente ou não. Entende?

Permanecer na sua verdade é uma ação pacífica. É uma expressão benevolente da agressão que permite manter a graça e a dignidade em ambas as partes de qualquer conflito ou ataque, enviando a energia agressora de volta à sua fonte, mas sem maldade e com amor.

Todos os seres humanos têm a oportunidade de se manterem na impecabilidade dentro de qualquer conflito, sem se envolverem com ele. Entende? Lide com o conflito, encare-o a partir de uma posição de distanciamento emocional, como um observador. Isto não é fácil, entretanto é o caminho do Mestre. É assim que você “não toma nada como pessoal”, você afasta a reação emocional.

Todos os dias você tem a oportunidade de ser impecável. A situação na qual reconhece suas próprias falhas, seu próprio conflito com a integridade, é o momento em que você alcança o nível de Mestre em Impecabilidade. E esta realmente é uma jornada e taanto! Da mesma forma, no momento em que se mantém na sua verdade com disposição para reconhecer a verdade de outra pessoa, você alcança a integridade.

A mente divina só é alcançada, só é acessada através da ressonância da Mer-Ka-Na cristalina, com ondas de pensamento cristalino. O pensamento cristalino está acima da emoção, acima de sentimentos mesquinhos. É alcançada no distanciamento. É o lago cristalino de Shamballa, do verdadeiro Nirvana, liso como vidro, sem ondas que distorçam a imagem nele refletida.

ENCERRANDO:

Para encerrar, nós lhe oferecemos nossas bênçãos e gratidão pela sua busca.

O que há de mais precioso além da sua vida e seu propósito divino?

Seu papel agora e amanhã é sempre buscar realização, entendimento e desenvolvimento impecável. Sua missão divina pode e vai criar uma linda fusão da realidade experimental proposital… da dança na alegre luz das estrelas e da projeção de raios dessa beleza cristalina para tudo ao seu redor.

Não existe nenhum êxtase mais supremo do que alcançar a mente Divina. É por isto que todos vocês estão aqui. Vocês são do reino da Criação, da Maestria, e estão muito mais perto do que pensam da manifestação física disso. Queridos, VOCÊS criaram a Ascensão e ela está surgindo agora. Nós os honramos. O momento anunciado, com o qual tanto sonharam, os espera, Queridos.

Eu sou Metatron, e vocês são amados.

E assim é


...---oo000oo--...

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br

Os direitos autorais desta canalização pertencem a www.Earth-Keeper.com. A publicação em websites é permitida, desde que as informações não sejam alteradas e os créditos do autor e seu site sejam incluídos. Este material não pode ser publicado em jornais, revistas e nem re-impresso sem a permissão do autor. Para pedir permissão, escreva para EarthKeeper@consolidated.net.
Fonte: http://spiritlibrary.com/earth-keeper/earth-keeper-chronicles/crystalline-impeccability-dancing-with-stars

POR QUE AS CHAMAS GÊMEAS PASSAM PELA SEPARAÇÃO FÍSICA?



Karen Crystal
20 de Abril de 2011

Há muitas razões pelas quais as chamas gêmeas são submetidas a um tempo frequentemente temporário de separação física após o encontro inicial. Quando elas se encontram primeiro, as suas almas se iluminam nas chamas do Amor. Mas então vêm os problemas, os conflitos, os argumentos, os comportamentos apaixonados/desanimadores, a confusão, os sentimentos de “loucura”.. e a lista continua. Mas por que isto acontece? Por que quando há muito amor, há tantos conflitos?

Deixem-me explicar que esta é uma conexão da ALMA e as nossas almas são feitas de puro amor. Pensem nisto por um segundo, nossas almas SÃO amor, em sua forma mais pura. Nossas almas estão tão ansiosas para nos re-conectarem com as nossas chamas gêmeas no físico, que vocês o considerariam simples. Mas não, há muitas lições a aprender, muitos testes a assimilar antes que possamos nos unir plenamente com as nossas chamas gêmeas.

Primeiro há o ego e todos os preconceitos que temos sobre o modo que achamos que o amor “deveria ser”. Mas isto é o amor da alma e, portanto, não se encaixa nas criações terrenas dos relacionamentos românticos – que vai bem além disto, portanto, é impossível tentar limitar o amor, forçando-o a um cenário puramente romântico. Isto é colocar condições em nosso amor. A alma ama incondicionalmente e até que entremos mais em nossa consciência anímica, nossas almas continuarão repelindo, porque estamos colocando expectativas e condições sobre a conexão e isto não é o amor puro.

As chamas gêmeas são reflexo uma da outra, do Ser, assim elas nos mostram tudo sobre nós mesmos que não estamos amando, aceitando e o que precisa de cura. Quando estes bloqueios internos ainda permanecem, eles continuarão a ser refletidos entre as chamas gêmeas e ainda novamente isto os repelirá para seguirem seus caminhos separados novamente, até que se interiorizem e se curem interiormente, individualmente. Frequentemente as chamas gêmeas fogem porque há partes de si mesmos que eles não estão amando ou aceitando e eles não podem lidar ao verem estas coisas esclarecidas através da conexão. Elas não se sentem bem o suficiente e temem que se a chama gêmea se aproximar, a outra gêmea verá estas partes suas que está tentando negá-las e rejeitá-las. Esta rejeição, elas acreditam, as aniquilaria e “provaria” a elas as coisas que elas detestam sobre si mesmas a serem corrigidas. Elas fogem dos seus próprios medos sobre si mesmas.

Frequentemente isto é subconsciente, porém, e as chamas gêmeas apontam os seus dedos uma para a outra e culpam a outra pela ruptura de um relacionamento físico. Mas tudo isto foi pré-determinado pelas duas chamas gêmeas, juntamente com os seus guias espirituais e a sua Família de Alma, antes que elas encarnassem, para ajudá-las a aprender e a evoluir mais. A separação física força as chamas gêmeas a eventualmente se interiorizarem mais profundamente e despertarem mais para a sua consciência anímica e compreenderem que isto se refere à cura do Ser.

Às vezes leva tempo para as duas chamas gêmeas confiarem no amor. Isto surgiu de imediato e tão intensamente que frequentemente vai além da lógica em que nos foi ensinado a confiar, em vez da emoção e da intuição. Muitas chamas gêmeas sentem a transformação acontecendo com elas, enquanto elas despertam mais e mais para a sua consciência anímica, mas tentam combatê-lo, porque elas temem o desconhecido. Elas imaginam como elas poderiam sobreviver se subitamente se permitissem confiar na intuição, na alma e na espiritualidade. As pessoas não pensariam que elas estão loucas? Elas não perderiam os amigos e até a família? E se elas casassem, os seus maridos/esposas as considerariam loucas ou más? Elas se sentem muito sozinhas, muito confusas e acham que estão loucas. Assim elas fogem, para se salvarem do problema.

Mas quando elas fogem da conexão, da sua chama gêmea, delas mesmas, elas começam a se perder, fecham o seu coração, tornam-se entorpecidas, deprimidas, desorientadas. Mas, aparentemente, elas tentam fingir que tudo está bem, elas ficam desesperadas para tornar tudo bem e “normal” novamente, porque elas temem ser fracas ao acreditar nisto, especialmente quando acham que a chama gêmea a feriu tanto. Elas não podem ainda ver que é o seu próprio sofrimento interior, sua própria rejeição interior que provocou tanta dor. Mas o seu torpor interior se torna muito assustador, a sua depressão muito real. As pessoas podem ver que elas estão mudando, mas elas não podem lhes dizer por que – ninguém compreenderia.

Assim elas começam a se sentir mais e mais solitárias e elas são impulsionadas mais profundamente para si mesmas, para as suas emoções. Mas é onde a sua intuição está e onde a sabedoria interior da consciência anímica reside. Eventualmente, o medo de se perderem se tornará maior do que o medo de enfrentarem os seus problemas internos. Algumas vezes as chamas gêmeas precisam sentir os abismos mais profundos, antes que elas aceitem que há outro caminho para o amor, para a liberdade, para a felicidade. Mas o Caminho que leva a isto pode ser muito complicado e será por um motivo, para ajudá-las a confiar mais em si mesmas e se voltarem para o Amor Próprio para que seja novamente refletido entre as chamas gêmeas, assim a Reunião poderá ocorrer.

.....---ooo000ooo--......
Direitos Autorais 2009 por Karen Crystal.

http://lightworkers.org/wisdom/129699/why-twin-flames-go-through-physical-separation

Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

A PEDRA – ACOLHENDO A DANÇA ENTRE O ESPÍRITO E O CORPO



Uma mensagem de Jeshua canalizada por Pamela Kribbe em
abril de 2011


Meus queridos amigos,

Eu sou Jeshua, e saúdo todos vocês. Vocês todos são seres de luz. Vocês vêm à Terra para difundir sua luz mas, ao fazerem isso, encontram resistência, são confrontados com a escuridão. Do que se trata realmente o jogo entre a luz e as trevas? Qual é o propósito da resistência e das trevas que vocês vêm experienciando?

Estar na Luz significa estar num estado de consciência no qual você compreende sua unidade com tudo o que existe. Se você estiver na Luz, se você for a Luz, você se sente totalmente ilimitado e livre; você sabe que faz parte de um todo maior e sente que é profundamente valorizado dentro dessa teia infinita de consciência viva. A Luz é a sua conexão com o Um.

A Luz é informe por natureza; ela não depende da forma material; é livre das restrições de tempo e espaço. Você não é a forma material na qual sua consciência habita neste momento; você não é o seu corpo, não é a carne e nem o sangue dos quais seu corpo é feito, nem o gênero, nem as características que pertencem à sua personalidade atual. Eles fazem parte de você, mas você é muito mais; você é a origem de tudo isso, você é divino criador de tudo isso.

Sua alma infinita tem habitado muitas formas diferentes de vida e tem vivenciado um grande número de encarnações por todo o universo. Estas experiências têm enriquecido-o de modos que você ainda não reconhece. Sua jornada através das encarnações, muitas vezes árduas, na verdade é o modo de Deus expandir a si mesmo. Sua jornada através da forma é importante, pois permite que toda a criação se expanda e prolifere de formas novas e enriquecedoras.

Sei que nem sempre você sente que isto é verdade. Você pode sentir-se oprimido pela falta de luz e conexão na Terra, eu sei. Estou aqui para acender uma centelha de lembrança na sua alma. Se você lembrar quem realmente é, compreenderá que sua essência divina ainda está inteira e incólume, apesar de tudo que você já passou. A percepção da sua totalidade pode lhe dar uma sensação de alívio ou até um sentimento de êxtase. Isto acontece quando você sabe que está tocando a realidade. Você se lembra da verdade de quem você é: uma alma divina com infinitas possibilidades. Estou aqui para lhe recordar quem você é e para inspirá-lo a trazer essa consciência para o seu dia-a-dia.

Não existe nenhum abismo real entre o seu eu humano e o seu eu divino. Seu eu divino não está em algum outro lugar. Para começar, ele não está localizado no tempo e no espaço. Se quiser se conectar com ele neste instante, você pode fazer isto, afastando-se por uns instantes dos problemas que pressionam sua mente e emoções. Imagine que sua consciência se torna mais ampla e se distancia dessas questões, entrando num espaço de percepção aberta. Dentro desse espaço, não existe necessitar nem querer, apenas ser. Pode parecer que isto não lhe ajudará a solucionar nenhum problema da sua vida, mas estou convidando-o a tentar simplesmente. Você pode mudar sua percepção e apenas observar a si mesmo de um modo sereno e desprendido? Pode estar consigo mesmo sem julgar nem interferir? Você vai perceber que isto fará com que fique calmo e mais relaxado. Se as suas emoções, pensamentos e sensações físicas o levarem para fora desse espaço calmo, não se preocupe. Deixe estar. Observe o que acontece. Com o tempo, perceberá que entrar nesse espaço de consciência serena é uma ferramenta poderosa para se lembrar de quem você é.

Esta ferramenta está sempre à sua disposição. Você pode estar em contato com sua totalidade, com o espaço de liberdade interior, mantendo sempre certa distância das coisas que o preocupam, ou até o entusiasmam de um modo positivo. Ao manter certa distância, você mantém viva a consciência de que essas coisas nunca o definem completamente, embora sejam realmente importantes na sua vida. Você é mais do que emoções e eventos que passam pela sua vida. No seu interior há uma presença que, silenciosa, mas intensamente, observa todos esses acontecimentos e experiências virem e irem embora. Essa presença é indestrutível. Ela é a própria fonte da vida.

Você escolheu conectar temporariamente a sua consciência com um corpo, com uma forma, na sua vida na Terra. Existe uma razão para esta escolha. O corpo é muito precioso. É maravilhoso que você possa focalizar sua consciência de tal modo que ela se identifique parcialmente com um corpo, com a pessoa que você é agora, homem ou mulher, com todos os talentos e características que lhe pertencem. Entretanto, por favor, não cometa o erro de pensar que você é esse pacote de características. Você é a consciência que as experiencia. Esta percepção pode libertá-lo!

Seu eu divino, seu ser em essência, é como um espaço aberto, amplo, vazio e, ao mesmo tempo, cheio de vitalidade e potencial. Esta é a parte de você que é Deus. Isto é o Lar. Ao se conectar a esta sua parte, você sente alívio, alegria e liberdade. Você se sente seguro. Estar no escuro significa sentir-se separado da sua essência, da sua conexão com o todo. Você se sente expulso do amplo espaço interior que, por si só, lhe traz a paz e alegria que você está procurando. Todos os sofrimentos se originam deste sentimento de desconexão. É a pior dor que a sua alma pode vivenciar.

ENTENDENDO O PROPÓSITO DAS TREVAS

Por que as almas escolheram vivenciar a separação? No momento em que você escolhe encarnar e viver dentro de uma forma material, sua luz se torna limitada e restrita; sua consciência fica reduzida e você perde a sensação de infinidade. Você tende a perder a conexão com o seu eu real, que é informe, livre e ilimitado. Principalmente para as almas jovens, que estão no estágio inicial da sua jornada encarnatória, é fácil esquecer e se identificar com a forma que elas habitam. É um sinal de maturidade quando uma alma é capaz de habitar totalmente um corpo humano e, ao mesmo tempo, perceber que ela não é o corpo, mas aquilo que o experiencia e dá vida a ele. À medida que a alma evolui, nasce a percepção de que há algo que transcende o corpo, a forma material focada no tempo e no espaço. Uma alma madura se abre para a dimensão da ausência de forma e começa a reconhecer que sua essência verdadeira reside lá. Ao fazer isso, a alma evoluída será capaz de trazer a consciência da unidade para o reino da forma material.

Por que uma alma haveria de embarcar numa jornada de encarnações? Por que você escolheu estar confinado em uma forma material, no ciclo de nascimento e morte e tudo que faz parte disso? Não seria muito mais agradável permanecer num estado de unidade ilimitada o tempo todo? Pergunte isto a si mesmo. Talvez você responda que, se fosse possível, nunca mais encarnaria. Você me diria que a vida na Terra é muito dura, muito sombria e que deseja desesperadamente voltar para o Lar e permanecer lá para sempre. Apesar disso, estou lhe dizendo que a sua alma escolheu experienciar esta vida que você está vivendo na Terra, como escolheu experienciar todas as outras vidas que você viveu aqui. Existe uma parte da sua alma que ama dançar com a matéria, e estou lhe dizendo que esta é a parte mais divina, sagrada e criativa de você mesmo.

Deus deseja trazer a Luz para a forma material. O Espírito (que eu uso como um sinônimo de Deus) criou a matéria para que a Luz tomasse forma e fosse experienciada por si mesma. A criação da matéria deu origem à dança entre a consciência e a matéria: a dança entre o espírito e o corpo. A interação entre o espírito e o corpo é o jeito de Deus criar. Você – como um espírito habitando um corpo – é a criação de Deus se desdobrando. À medida que sua alma evolui e amadurece, ela vai se tornando mais capaz de manter a luz do Espírito e expressá-la através do corpo. A arte de viver num corpo é manifestar a liberdade do Espírito dentro da dimensão material. Qualquer coisa, na dimensão material, que seja iluminada a partir de dentro pela consciência do Espírito, irradia beleza e vitalidade e acrescenta alguma coisa importante à vida. A luz encarnada é a luz mais preciosa que existe. Ao encarnar a luz da sua alma na Terra, numa forma material, você está expandindo a criação de Deus; você está criando algo novo e contribuindo com o todo, com alguma coisa que não teria existido sem a sua presença única.

A abundância de formas de vida que existem na Terra, nos reinos animal, vegetal e mineral, reflete o desejo do Espírito de se manifestar numa variedade de formas. A beleza e variedade de vida na Terra têm evoluído de uma dança entre o espírito e a matéria, entre a consciência e a forma. Deus deseja se expressar de formas diferentes, porque isto enriquece a criação e porque permite que todos os seres experienciem a beleza, a alegria e aventura nos seus ciclos de vida. Todos os seres são centelhas do Espírito. Viajar através de formas diferentes e se familiarizar com a vida a partir de muitas perspectivas diferentes traz profundidade e sabedoria para a sua alma. Até mesmo a experiência da separação, das trevas, pode ajudar a enriquecer a criação.

Você é Deus. Uma vez você fez a escolha de descer à matéria e irradiar sua luz enquanto morava numa forma limitada. Isto não é nenhum castigo que você tem que suportar. É o resultado de uma escolha sagrada que você fez, como parte de Deus. Você é verdadeiramente um Criador. Por trás da resistência que você possa sentir perante sua vida na Terra neste momento, existe um profundo e duradouro desejo na sua alma de trazer luz à densa realidade deste planeta. Irradiar sua luz sobre as partes escuras da realidade terrena, dentro e fora, é verdadeiramente a missão da sua alma. Ao fazer isto, você experiencia uma espécie de satisfação que toca seu coração mais profundamente do que qualquer outra coisa. Até mesmo a visão de estar lá em cima no Céu, em eterna bem-aventurança e paz, torna-se pálida em comparação com isso. Isto porque sua natureza, como ser divino, é dançar entre o espírito e o corpo. É esta dança que constitui a essência da criatividade. Você, que às vezes se sente desencorajado por viver num corpo humano na Terra, se sentirá feliz novamente, não descartando totalmente a dança, mas sabendo como trazer sua luz para dentro da escuridão.

Escuridão e densidade fazem parte da vida na Terra. Quando vivencia as trevas ou densidade em sua vida, você sente que a energia é pesada, lenta ou presa. Sente uma falta de movimento, de liberdade e de fluxo. Sempre, quando há este tipo de densidade, existem pensamentos e emoções, que revelam uma sensação de desconexão e separação. Falei anteriormente que sentir-se desconectado do Espírito – o que significa sentir-se separado da sua própria essência – é a pior dor que uma alma pode experienciar. Como você pode curar essa sensação de separação, que o faz sentir-se ferido emocionalmente e inseguro quanto ao sentido da vida?

LEVANDO SUA LUZ PARA DENTRO DA ESCURIDÃO

Hoje eu o convido a se encontrar com a sua parte interna mais densa e acolhê-la com o coração aberto. No seu dia-a-dia, você experiencia a sua parte mais densa nas áreas da vida em que sua energia flui com dificuldade. Isto pode ser no trabalho, em relacionamentos, na saúde ou em qualquer outro aspecto da sua vida. Nesta área, você tem mais dificuldade para se aceitar ou para aceitar o que a vida lhe oferece. Você experiencia esse aspecto da vida como um estorvo, como algo que nunca deveria ter existido. Você se sente bloqueado, preso. E eu o convido a visualizar essa densidade como uma pedra que você carrega, como a proverbial “pedra pendurada no pescoço”.

Você pode sentir que a densidade que você experiencia se deve a circunstâncias externas. Pode sentir que foi causada pela rejeição, traição ou violência de outra pessoa. Ou talvez você diga: “Não me adapto à vida num lugar tão escuro e denso como a Terra.” É compreensível que uma parte de você reaja desta maneira. Essa é a sua parte desnorteada e chocada que se esqueceu do verdadeiro poder que reside no interior do seu ser. É uma criança interior traumatizada que fala com você através desses pensamentos negativos. Esta criança sente-se vítima, sente-se rejeitada e desconectada. Eu o convido a reconhecer a sua parte mais sábia e luminosa, cujo único propósito é trazer essa criança para casa. Você tem uma escolha a fazer, Você se identifica com a criança interior traumatizada, ou com a sua parte luminosa e inteira que é capaz de curar essa criança?

A origem do seu sofrimento não se encontra na densidade ou escuridão da realidade externa. Encontra-se na incapacidade que você sente de se elevar acima da sua parte interior mais densa e abraçá-la com a sua luz e brilho verdadeiro. Sentindo-se vitimado pela sua parte mais densa, você fica ressentido com ela e quer se livrar dela. Jogar fora uma parte de você mesmo faz com que se sinta despedaçado internamente. Sua alma não estará em paz enquanto a criança perdida não voltar para casa.

Imagine que você está carregando uma pedra no seu pescoço, de verdade. Observe-a e veja o quanto ela é pesada e grande. Liberte sua imaginação. A pedra contém todas as emoções com as quais você tem dificuldade e todas as crenças negativas sobre viver na Terra, do tipo “Não sou bem-vindo aqui”, “As pessoas não me compreendem”, e assim por diante. A pedra carrega o seu medo assim como a sua resistência à vida. Ela simboliza aquilo que ficou preso e bloqueado dentro de você. Portanto, a pedra também indica a sua missão na vida. A missão da sua alma é levar luz às partes mais densas de você mesmo.

É seu propósito de vida irradiar sua luz nas partes endurecidas e petrificadas de você mesmo. Difundir sua luz na Terra é, em primeiro lugar e mais importante de tudo, dirigir-se à sua escuridão interior. Logo que você empreender esta viagem interior, sua luz automaticamente se irradiará para fora, para outras pessoas, inspirando-as a fazer o mesmo. Você não precisa se concentra no que precisa ser remediado no mundo. Concentre-se na sua própria pedra. Você consegue ver uma imagem dela? Que cor ela tem? O que você sente quando a toma em suas mãos? Cumprimente a sua pedra e segure-a gentilmente. Permita que a sua consciência flua para dentro da pedra e sinta a energia no seu interior. Você sente raiva, tristeza ou medo? Permita que a pedra lhe conte a sua história.

Lembre-se que você, que está segurando a pedra, é um ser de luz vivente. Você está inteiro, mantido em segurança nas mãos de Deus. Agora observe o que acontece com a pedra só pelo fato de você segurá-la e voltar sua atenção para ela de um modo aberto e acolhedor. Ela vai se transformar. Ao se conectar com ela a partir da sua própria essência divina, envolvendo-a com aceitação e compreensão serena, você a borrifa com faíscas de luz. A pedra se acende a partir de dentro. Sua consciência leva luz e movimento para dentro da pedra. Ela não é mais fria e dura. Gradualmente ela se transforma numa pedra preciosa. A estrutura da pedra mudou graças à sua atenção amorosa. Dê uma boa olhada e veja que cor e forma ela toma.

Agora pergunte à pedra: “Qual é o seu presente para mim?” Que tipo de qualidade você sente que está presente na sua pedra preciosa? Sinta em seu interior. É compaixão? É tolerância? É a capacidade de se entregar e confiar? É tranquilidade, coragem e alegria? Receba o presente. Antes a pedra continha energia presa e escura. Depois que você a envolveu com o poder sereno da sua natureza verdadeira, ela se transformou num tesouro. Ela não foi simplesmente neutralizada; ela se transformou numa pedra preciosa, refletindo sua beleza e sabedoria internas. Aquilo que antes era uma pedra pendurada no seu pescoço, transformou-se numa jóia valiosa. Pegue a pedra e veja como ela brilha e faísca numa cor e forma que refletem sua energia única. Permita que a pedra entre no seu corpo e veja para onde ela vai naturalmente. Para que parte do seu corpo a pedra vai espontaneamente? Que efeito ela tem sobre você? Ela terá um efeito curador no seu corpo e no seu espírito.

A vida constantemente o convida a voltar-se para as suas próprias partes densas, escuras e bloqueadas. A dança entre espírito e corpo é como uma dança entre luz e trevas. Assim que você reconhece sua natureza verdadeira, a dança torna-se menos estressante. Ela se torna uma alegria. Quando você se conscientiza do poder transformador do seu eu divino e convida a escuridão a vir para o exterior, a dança entre a luz e as trevas produz jóias preciosas que mostram como a luz pode viajar para dentro das partes mais densas da realidade. A pedra preciosa é o resultado da integração da consciência com a matéria, o fruto da dança entre o espírito e o corpo. A vida o convida a realizar esta dança vezes sem conta. Sempre que sentir negatividade ou trevas na sua vida, por favor, não julgue. Traga a pedra à sua imaginação. Acolha-a e conecte-se à parte de você que ainda não está iluminada pela sua percepção divina. Tome conta da pedra. Sua atenção amorosa é a chave para acender a pedra de dentro para fora. Ao irradiar sua luz sobre as partes densas e escuras no seu interior, você abraça a dança da criação e Deus nasce na Terra através de você.


....::::|| 0 ||::::...

© Pamela Kribbe 2011

Tradução de Vera Corrêa veracorrea46@ig.com.br -

Direitos Autorais Pamela Kribbe - A permissão é concedida para cópia e distribuição deste artigo na condição de que o endereço www.jeshua.net, esteja incluído como recurso e que ele seja distribuído livremente. E-mail: aurelia@jeshua.net

quinta-feira, 21 de abril de 2011

OS HOLOGRAMAS DA CRIAÇÃO



Uma mensagem de Kuthumi, canalizada por Lynette Leckie-Clark

16 de Abril de 2011.

Eu, Kuthumi, venho lhes falar mais uma vez. Neste dia eu venho com um apelo a todos que quiserem ouvir. Peço-lhes que liberem os seus pensamentos de medo. Nós aqui prevemos este tempo de energias de transição que vocês estão experienciando em si mesmos – em seus corpos mentais e emocionais. Nós lhes dissemos muitas, muitas vezes que vocês criam a sua realidade – como escolhem que seja. Vocês ouviram falar, mas ouviram verdadeiramente? Vocês o assimilaram em seu corpo mental e ponderaram sobre o poder que têm ao seu alcance? Vocês têm o poder de criar. De formular o seu próprio futuro.

Hologramas

Isto é possível porque quando os seus pensamentos se tornam mais intensos com um resultado ou evento, vocês criam um holograma do que desejam ser. Quanto mais vocês concentram os seus pensamentos, mais forte é o holograma que vocês criam. Vocês entendem? Compreendem agora o grande poder que mantêm? Pode ser oportuno também ressaltar a responsabilidade da alma diante deste poder. Pois se for usado erroneamente, vocês serão responsabilizados não somente nesta época da vida, mas também talvez em suas vidas futuras.

Assim vocês começam a aprender a criar para si mesmos. Naturalmente, a fé é também necessária. A fé em si mesmo e em sua própria habilidade para criar, e também fé que isto se manifestará em seu futuro. Vamos agora avançar mais um pouco com este holograma. Imaginem se vocês desejam que o seu holograma da criação fosse para a paz no planeta e vocês tivessem usado muita energia na criação deste holograma. Vocês viram em sua mente pessoas de todas as raças se cumprimentando felizes, com respeito, enquanto continuavam tranquilamente com os seus afazeres diários. As pessoas novamente respeitavam a Terra e estavam cuidando dela. Vocês viram tudo isto e quando assim o faziam, um sentimento de calma os envolviam. Vocês se sentiam contentes. Este foi um poderoso holograma da criação.

Expansão

Então vocês encontraram alguns amigos para o café. Vocês compartilharam o seu holograma com eles, porque ele parecia muito real. Afinal, o seu holograma foi criado a partir de sua vontade mais elevada, de sua intenção e, principalmente, de sua fé.

Esta maravilhosa crença de fé se conectou com a Luz Diamante em seu coração. Assim, vocês compartilharam com paixão, porque queriam realmente que isto estivesse na Terra. Um dos seus amigos riu e disse: “Eu tenho a mesma visão. Eu também vi isto.”

“E eu também”, disse outro. Assim agora a força do holograma é ampliada. Com mais intenção, mais energia, mais da mesma visualização, portanto, o holograma cresce.

Enquanto cada pessoa compartilhava a sua visão com outros, o holograma da criação se fortalecia e crescia mais ainda. Alguém enviou por e-mail a sua visão para um amigo em outro país. Assim, o holograma foi absorvido em outro país. Mais pessoas ainda deram a sua energia e fé a este holograma da criação.

Mesclando Energias

Assim vocês obtêm a cena. Gostaria de ressaltar aqui que em seu atual tempo da evolução, com novos íons de energia nos Éteres e a energia da Luz emanando agora a partir de muitos de vocês, os seus hologramas da criação nunca foram mais fortes ou capazes de tal poder de manifestação. Eu falei anteriormente sobre as mudanças da energia em seus Éteres e os seus efeitos em sua consciência mais elevada e no despertar da alma.

Grade Cristal

A Grade Cristal do planeta foi reabastecida. A grade mantém um equilíbrio para a humanidade. Imaginem se vocês desejam o grande símbolo do infinito – 8 – circulando nas energias dos Éteres, fundindo-se com as energias dos seus pensamentos e os seus hologramas da criação, fundindo-se com a grade cristal do planeta. Vocês podem imaginar isto, meus amigos? Agora, vocês podem também visualizar a ligação crucial? É o centro do símbolo do infinito - 8. Pois é onde as energias mais elevadas se encontram com a intenção, a vontade e os hologramas da criação da humanidade. O centro onde tudo se fundo como Um.

Intenção

Então, revejam por um momento os seus pensamentos, a sua intenção. Qual é a sua intenção agora? A sua intenção se refere a vocês? A sua intenção está vindo através do seu Eu Superior, ou do ego menos elevado e egoísta? Revejam. Ajustem se necessário. Pensem em seus desejos. O que vocês desejam para o seu futuro? – e o futuro dos planetas?

Peço-lhes também que reflitam por um momento de onde vocês estão dando? É do seu coração com compaixão, ou do seu centro financeiro? Eu sempre defendi uma troca de energia justa. Tudo deve estar em equilíbrio. Portanto, Trabalhadores da Luz, peçam um preço justo pelo seu ensinamento, pelo seu conhecimento, pelo seu tempo. Saibam que é o seu ego que irá exigir uma extravagante recompensa financeira.

Assim, enquanto vocês fazem uma pausa, enquanto consideram as minhas palavras, ouçam a sua Alma. Vocês sentirão se estão atualmente fora do equilíbrio em alguma área de sua vida, de sua intenção, de sua fé.

Equilíbrio

Nos próximos meses será importante que vocês mantenham o equilíbrio interior. Compreendam o poder de sua criação e o processo desta. Unam-se com pessoas de mentes afins para criar a paz e a tranqüilidade através das mudanças planetárias. Viajem juntos com equilíbrio. Sempre em equilíbrio. Esta será a sua força no decorrer destes tempos de transição.

Permitam que o amor e a compaixão os guiem. Não dêem a energia a quaisquer pensamentos baseados no medo. O medo deve ser substituído agora por um novo holograma da criação. Compreendam que se vocês vivem no medo, se os seus pensamentos são baseados no medo, então o seu holograma da criação é um de medo. Então, o que acham que criarão? O que é que atrairão para vocês? Mais medo, naturalmente, e situações que ativarão o medo que vocês estão mantendo em seu interior. Portanto, vocês criam um ciclo de medo, circulando mais e mais.

Lembrem-se de que os seus pensamentos são a base de todos os seus hologramas da criação.

Estejam em paz.

Mestre Kuthumi

Direitos Autorais 2011 – Ver, Lynette Leckie-Clark

http://www.kuthumischool.com

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

terça-feira, 19 de abril de 2011

A CURA DA DOR ATRAVÉS DA PRESENÇA DE CRISTO



Abril de 2011



Amados,

A energia e a presença de Cristo estão mais fortes na Terra hoje. Este fato é universal, aplicável a todas as pessoas, em todos os lugares, e que nada tem a ver com as religiões em particular. A Presença Crística não é o que se entende pela Segunda Vinda, mas é parte disto. É a parte que tem a ver com o Cristo que deseja viver dentro de vocês, COMO VOCÊS.

A nova consciência de Cristo está se tornando disponível a todos os que buscam a evolução e a cura pessoal e todos os que desejam viver em um estado de maior unidade e amor. Está também disponível àqueles que não estão buscando desta forma. A Presença Crística é oferecida a todos, independentemente de orientação ou crença religiosa, e independentemente do próprio senso de dignidade pessoal. A nova consciência de Cristo pode ser sentida como uma força vital, uma energia, uma luz, que busca se unir a cada ser humano, a fim de trazê-lo para o lar. Às vezes isto ocorre com facilidade. Muitas vezes ocorre com alguma turbulência, enquanto a velha pessoa é liberada.

No sentido mais pessoal e imediato, a presença de Cristo está operando nos recessos mais profundos dos corações, mentes e corpos das pessoas, e enquanto assim o faz, está extirpando antigas dores e conflitos, de modo que eles possam ser curados. Estas dores e conflitos podem ter sido enterrados por um longo tempo. Entretanto, na presença de Cristo, eles estão se tornando mais conscientes.

O objetivo desta revelação não é punir, mas restaurar – trazer cada alma a um estado de maior integridade e a uma unidade maior com Deus. Esta é a nova revelação, não do passado, mas do presente – a união com Cristo, hoje, através do próprio ser interior.

Se estiverem na dor, busquem ver o aumento da intensidade de sua dificuldade, correspondendo a este propósito. Saibam que vocês estão sendo curados interiormente pelo poder de Cristo e pela luz de Cristo. Permitam que esta luz se mova através de vocês. Não se culpem pela sua dor, mas a entreguem à Deus, pedindo a cura de cada parte sua.

“Foi dito no passado: “Sede perfeitos como o vosso Pai Celestial é perfeito”. Este é o propósito de Cristo na Terra hoje – trazer a humanidade a um estado de maior perfeição, luz e integridade, de modo que o humano e o Divino possam ser unidos.

Possa toda a cura ser realizada pela luz de Cristo e pelo amor de Cristo. Possa toda a dor ser dissolvida nesta luz maior.
Com todo o amor e bênçãos – LIGHT OMEGA – www.lightomega.org.


-o--=-oo000oo-=--o-

http://www.worldblessings.com/healing-of-pain.

Traduzido por: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br